Comecei a me sentir incoerente... então senti necessidade de por tudo o que estava dentro pra fora, pra olhar de longe e tentar entender como funciona...

terça-feira, 8 de julho de 2008

Queria

queria olhar alguém e amar muito
mas parece que o coração morreu.
não bate... nem salta... nem palpita....
Nem azeda e nem doce...
é como se fosse plástico!

3 comentários:

Felipe disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Felipe disse...

Se queres mesmo o amor,
se permitir talvez seja o primeiro passo...
E quando sentir um certo aperto cardíaco,
lembrarás o quão vivo ele é ao sair do compasso.

Lu Hilst disse...

Ah.... amigo...
se você soubesse...